Barras articuladas


As barras de apoio são para atender as necessidades dos usuários e não somente ao cumprimento da lei. Por isso o Meu Banheiro tem rendido elogios por vender produtos da melhor qualidade e de acordo com a norma NBR 9050 da ABNT.

A Barra de apoio para lavatório L51 é especial para deficientes, em aço inóx polido, em aço carbono com epóxi branco e aço inóx escovado – atende todos os requisitos da norma NBR 9050 da ABNT – Especial para banheiro de deficientes.

Todas as barras de apoio utilizadas em sanitários e vestiários devem suportar a resistência a um esforço mínimo de 1,5 KN em qualquer sentido, ter diâmetro entre 3 cm e 4,5 cm, e estar firmemente fixadas em paredes ou divisórias a uma distância mínima destas de 4 cm da face interna da barra.

Para deixar seu banheiro e sua casa mais acessíveis, visite o site http://www.meubanheiro.com.br. O meu Banheiro é especialista em acessórios para banheiro e acessibilidade.

Seja um bom exemplo, deixe seu banheiro acessível com os nossos produtos. Ligue para (11) 3032-0074.

Tenha mais segurança no seu banho, essa banqueta é super acessível com sete níveis de altura reguláveis. Feito com estrutura de alumínio e assento em polietileno de alta densidade, com furos para escoamento de água, com ponteiras de borracha antiderrapante.

Temos nas cores bege claro e verde claro, com capacidade de peso de 120 kg e altura regulável de 38cm até 53cm.

Banqueta para banho é sempre importante. As banquetas são mais que acessibilidade e segurança!

Banquetas para banho é na Mil Assentos!

Avenida Pedroso de Moraes, 351 Pinheiros – CEP: 05419-000 São Paulo – contato (11) 3032-0074

Acessibilidade é o direito do cidadão de ir e vir significa não apenas permitir que pessoas com deficiências ou mobilidade reduzida participem de atividades que incluem o uso de produtos, serviços e informação, mas a inclusão e extensão do uso destes por todas as parcelas presentes em uma determinada população.

Na arquitetura e no urbanismo, a acessibilidade tem sido uma preocupação constante nas últimas décadas. Atualmente estão em andamento obras e serviços de adequação do espaço urbano e dos edifícios às necessidades de inclusão de toda população.

Em informática, programas que provêm acessibilidade são ferramentas ou conjuntos de ferramentas que permitem que portadores de deficiências (as mais variadas) se utilizem dos recursos que o computador oferece.

Seja um bom exemplo, deixe seu banheiro acessível com os produtos da Mil Assentos. Visite a nossa loja na Avenida Pedroso de Morais, 351 Pinheiros, São Paulo ou ligue para (11) 3032-0074.

Andador

Este produto é dobrável, possui freios com travas, estrutura em alumínio, manoplas com ajuste de altura de 94 a 106 cm, assento almofadado e porta objetos.

Cada um tem o seu papel para tornar a cidade acess�vel”.

“Cada um tem o seu papel para tornar a cidade acessível“. Para Teresa Cristina Pires, arquiteta urbanista, é preciso trabalhar a mudança de mentalidade, através da implementação de grades sobre o tema nas faculdades e cursos técnicos, para o entendimento de que a acessibilidade deve ser promovida por todos. “Não é colocar rampas e elevadores porque a lei obriga, mas ter a consciência, que venha de forma espontânea e natural”, diz a arquiteta.

Mas o procedimento de lei é necessário.Teresa Pires afirma que ainda se observa uma grande resistência pelos profissionais de arquitetura e também pelos clientes em realizar projetos que incluam as necessidades de deficientes físicos. Ela explica que, a partir de 2004, a prefeitura municipal de Natal exige a apresentação do Projeto Complementar de Acessibilidade para liberação do alvará de construção, reforma ou mudança de uso. “Para a liberação de alvará, a prefeitura precisa manter esse procedimento de obrigar que a norma seja adotada como um parâmetro técnico, senão o desrespeito é ainda maior”, lamenta. Como exemplo, ela relata a quantidade de ônibus com rampa em Natal, que são apenas quatro; e em Fortaleza são 16, um número também muito inferior ao necessário.

Teresa Pires considera que a acessibilidade é o direito de todos à cidade e não deve ser pensada apenas por indivíduos com deficiência. “Não se permite mais pensar em acessibilidade somente às pessoas com deficiência, tendo em vista que é um atributo muito mais amplo, relacionado a todos que usam os espaços da cidade”, explica a arquiteta. Para ela, o direito à cidade se materializa apenas com a intervenção de políticas públicas.

Mais informações: http://www.novomilenio.inf.br/real/ed140z.htm

Mil Assentos

A Mil Assentos é uma loja especializada em acessórios para o banheiro. Lá você encontra produtos para acessibilidade do ambiente como – barras de apoio, banco articulado entre outros – e também peças que decoram o seu banheiro com muito estilo e personalidade.

Falando em barras de apoio, é muito importante ter um banheiro acessível. Se você é dono de um estabelecimento comercial e ainda não tem um banheiro para deficientes, consulte a Mil Assentos.

A Mil Assentos é uma loja especializada em acessórios para o banheiro. Lá você encontra produtos para acessibilidade do ambiente como - barras de apoio, banco articulado entre outros - e também peças que decoram o seu banheiro com muito estilo e personalidade.
Consulte a Mil Assentos Av. Pedroso de Moraes, 351  Pinheiros – CEP: 05419-000  São Paulo
–  Tels.: (11)  3032 0074   (11)  3032 8964

www.acessobrasil.org.br/

BANHEIRO ACESSÍVEL??  CONSULTE OS PRODUTOS DA MIL ASSENTOS
(11) 3032-0074 
DICAS PARA UM BANHEIRO COM ACESSIBILIDADE
Bacia Sanitária: altura do assento 0,46m do piso; válvula de descarga de alavanca (altura máxima 1,00m do piso); barras de apoio na lateral e no fundo.
Lavatório sem coluna: altura 0,80m do piso (com altura livre de 0,70m); sifão e tubulação com proteção; torneiras de alavanca, célula fotoelétrica ou formas equivalentes.
 
 
Boxe Chuveiro – área transferência interna: dimensões livres mínimas de 0,80m x 1,10m; desnível máximo 1,5cm; registros altura máxima 1,00m do piso (localizados na parede lateral do banco); barras de apoio vertical (na parede do encosto do banco) e horizontal/vertical (em “L”) (na parede lateral do banco).
 
Porta: vão livre mínimo 0,80m; área de abertura sem interferir nas áreas de transferência e/ou aproximação; maçanetas do tipo alavanca (altura 1,00m); barra horizontal para auxiliar no fechamento (altura 0,90m); revestida na parte inferior para proteção (altura mínima 0,40m); sinalizada com Símbolo Internacional de Acesso afixado à 1,70m do piso.
 
 Área de transferência lateral: dimensões mínimas 0,80m x 1,10m.
 
Banco basculante: profundidade mínima 0,45m; comprimento mínimo 0,70m; altura mínima do piso 0,46m. 
 
OBS.: Piso – revestimento antiderrapante sob qualquer situação, seca ou molhada.
Mais informações: www.barradeapoio.blogspot.com

Bem vindo ao blog DEFICIENTE NO BANHEIRO!

Bem vindo ao blog DEFICIENTE NO BANHEIRO!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.